Publicado em: ter, 6 - mar - 2018

Sintero recorre de decisão da Justiça que chama a greve dos professores de ‘ilegal’, em RO

Professores devem se reunir terça e quarta-feira para deliberar sobre o fim ou continuação do movimento grevista (Foto: Hosana Morais/G1)Trabalhadores realizam reuniões na terça (6) e quarta-feira (7) na sede do Sintero, em Porto Velho. Seduc diz que governo vai apresentar proposta na quarta.

 

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rondônia (Sintero) entrou com recurso contra a decisão liminar do Tribunal de Justiça (TJ-RO), que considerou ilegal a greve da categoria, iniciada no último dia 21 de feveiro.

O movimento mobilizou cerca de 7 mil professores em todo o estado e, segundo o Sintero, a greve fica parcialmente suspensa, aguardando o cumprimento do recurso.

Nesta segunda-feira (5), os trabalhadores se reuniram com membros do governo do estado, mas, nenhuma proposta foi apresentada pelo executivo aos grevistas. “A greve segue o período de cumprimento da decisão judicial”, diz a nota do sindicato.

O TJ-RO determinou a suspensão da greve, mas a mobilização não cessou inteiramente, uma vez que, segundo o Sintero, professores de todo o estado se reunirão em Porto Velho, nesta terça (6) e quarta-feira ( 7) para deliberar se encerram ou continuam o movimento grevista.

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o governo deve apresentar uma proposta aos trabalhadores na quarta-feira.

Fonte/Autor: G1

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Comente no FaceBook

  Últimas Notícias

Fisk Expansao Sol e Piscina Adriana Amaral Graftech Phisical