Publicado em: qua, 11 - out - 2017

Carteira assinada entre 1998 e 2016 dá direito a dois salários?

Carteira de trabalho (Reinaldo Canato/VEJA.com)Boato que voltou a ser compartilhado no WhatsApp nos últimos dias contém link que pode ‘roubar’ dados de quem o acessa

 

Voltou a circular no WhatsApp e em redes sociais nos últimos dias um boato segundo o qual aqueles que tenham trabalhado com carteira assinada entre 1998 e 2016 têm direito a receber, retroativamente, o valor de até dois salários mínimos:

 A lorota surgiu em 2016, quando o salário mínimo era de 880 reais – o que explica o valor de dois salários mínimos ali enunciado ser de 1.760 reais, e não de 1.874 reais, dobro dos 937 reais do salário mínimo de 2017.

Não há, além disso, nenhuma informação da Caixa Econômica Federal a respeito do suposto valor à disposição dos trabalhadores. As recomendações mais recentes do banco estatal acerca de saques se referiam às contas inativas do FGTS, cujos valores puderam ser retirados entre março e julho de 2017 por aqueles que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa até 31 de dezembro de 2015. Nada relacionado a quem teve a carteira de trabalho assinada entre 1998 e 2016.

Este boato, contudo, não é mau apenas por ser uma completa mentira. O link do “sinemprego” é classificado como “enganoso” ou “malicioso” e o acesso a ele é bloqueado pelos navegadores da internet. Isso significa que, ao acessar o site, o internauta pode ter “roubados” dados pessoais, tais como senhas de cartão de crédito e números de telefone (veja abaixo).

Aos que contrariam as recomendações de segurança e insistem em visitar o endereço, os golpistas sugerem três perguntas, que devem ser respondidas para que o acesso à lista de beneficiários seja liberado. Ao passar por essas etapas, no entanto, o incauto internauta depara com uma tela que informa que lista está bloqueada e condiciona o desbloqueio ao compartilhamento do boato em oito grupos ou até vinte amigos no WhatsApp. Quando o conteúdo é compartilhado, o ciclo se repete.

Não há, portanto, dois salários mínimos à disposição de quem trabalhou com registro em carteira entre 1998 e 2016. Trata-se de um boato para enganar pessoas e aplicar golpes na internet.

 

Fonte/Autor: Veja / João Pedroso de Campos

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Comente no FaceBook

sex Newspapertimes Theme