Publicado em: sex, 3 - nov - 2017

Brasil apresenta plano para erradicar hepatite C até 2030

Brasil apresenta plano para erradicar hepatite C até 2030Tratamento

País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais graves da doença terão prioridade

O Brasil vai tratar 657 mil pessoas com Hepatite C, a partir de 2018, como parte do plano apresentado nesta quarta-feira (1º), na Cúpula Mundial de Hepatites 2017, para erradicar a doença até 2030. De acordo com o Ministério da Saúde, a meta é tratar, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), todos os pacientes diagnosticados e apresentar novas iniciativas para testar o máximo de pessoas.

As prioridades serão as pessoas com quadros mais graves da doença. Atualmente, apenas essas são elegíveis para tratamento no SUS e, com o plano de eliminação, todos os diagnosticados serão atendidos, independentemente do grau. Esse plano, de acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, já está em andamento.

“Atualmente, dos 155 mil pacientes notificados, metade já foram ou estão em tratamento. Além disso, iremos aumentar a testagem e o diagnóstico da doença em toda a população.” No próximo ano, segundo Barros, serão distribuídos 12 milhões de testes para diagnóstico da Hepatite C.

Em 2016, o Brasil registrou 42,8 mil casos de hepatites virais. Em todo o mundo, são mais 1 milhão de mortes por ano. Até o fim de 2017, o Governo do Brasil vai oferecer um novo tratamento para os pacientes, que oferece possibilidade de cura superior a 90%.

“O Ministério da Saúde comprará tratamentos, e não medicamentos. Os laboratórios terão o preço máximo de US$ 3 mil por tratamento, metade do valor pago atualmente. Portanto, iremos ampliar o acesso aos medicamentos com um custo muito menor”, destacou o ministro Ricardo Barros.

Dados globais

De acordo com informações do Ministério da Saúde, em todo o mundo, cerca de 3 milhões de pessoas obtiveram tratamento para hepatite C nos últimos dois anos e, em 2016, mais 2,8 milhões de pessoas iniciaram o tratamento para a hepatite B.

Entre 2015 e 2016, houve um aumento do número de pacientes tratados: no ano passado, 1,76 milhão de pessoas foram tratadas para a hepatite C, um aumento significativo em comparação às 1,1 milhão atendidas no ano anterior. Com relação à Hepatite C, em 2016, 2,8 milhões de pessoas começaram o tratamento e, em 2015, 1,7 milhão.

Fonte/Autor: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter

Comente no FaceBook

  Últimas Notícias

Fisk Expansao Sol e Piscina Adriana Amaral Graftech Phisical